One Shot (Seoljeong) – Daydream

Finalmente escrevi uma fic que não seja Jeongseong, foi difícil mas saiu. Ando muito apaixonada por AOA ultimamente, especialmente por essas duas, espero escrever mais coisas delas no futuro, passar a vida toda escrevendo só um couple ninguém merece né, amores. Enfim, mesmo sendo a primeira espero que esteja aceitável ♡

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

O salão estava lotado de pessoas, andando e dançando por todos os lados em vestidos glamorosos e ternos elegantes. Hyejeong adorava trajes de gala, eram seus favoritos, por isso sempre escolhia muito bem quando tinha a oportunidade de usar. Naquele dia em especial, escolheu um vestido de seda rosa claro que ela mesmo havia desenhado em sua última coleção. Ela preferia cores mais chamativas, mas preferiu não chamar atenção nessa festa, já que era o casamento de sua amiga e ela devia ser a estrela.

Estava muito feliz por Eunji, já que sempre foi seu sonho se casar e finalmente estava sendo realizado. Desde que conheceu Taekwoon planejava esse dia, ainda se lembrava da primeira vez que a amiga comentou sobre o garoto da sua sala da faculdade com os olhos brilhando, era maravilhoso que depois desses anos eles estivessem dando esse passo juntos. Já Hyejeong nunca teve essa ambição, sempre focou em sua carreira e mal teve tempo para namoro desde a faculdade, casamento não era algo com que se preocupava. Apesar de se encantar com aqueles vestidos brancos de casamento, que transmitem pureza e felicidade a todos que presenciam a cerimônia.

Por mais que achasse a festa maravilhosa, nunca se acostumava em permanecer em lugares cheios. Passava a maior parte do tempo sozinha em casa ou em seu ateliê, precisava respirar após ficar muito tempo rodeada de pessoas.

O lugar onde a festa acontecia, tinha um jardim enorme e muito bonito, com esculturas enormes de uma grama verde e claramente bem tratada. Além de postes de luzes que davam um ar vintage ao vergel. Hyejeong respirou fundo para sentir o ar puro que havia ali, era sempre melhor respirar em lugares vazios, ou quase vazios, como pôde constatar ao observar melhor os bancos a sua frente. Havia uma mulher sentada com os cotovelos apoiados em suas pernas e as mãos cobrindo o rosto, parecia frustrada. Hyejeong ficou preocupada, afinal, não era comum ver pessoas se sentindo assim em comemorações como aquela. Se aproximou dela e antes que dissesse qualquer coisa conseguiu imaginar qual era o problema, o vestido dela tinha um rasgo da ponta até o joelho.

– Ei – disse baixo e a mulher tirou as mãos do rosto para olhar em sua direção. Hyejeong suspirou quando a viu, ela era linda, os olhos grandes que expressavam surpresa, provavelmente por ter uma estranha falando com ela no meio do nada. Os lábios pequenos pintados de rosa, que combinavam perfeitamente com o tom levemente bronzeado de sua pele e com os cabelos pretos, compridos e lisos. Hyejeong via super modelos o tempo todo, mas aquela mulher a sua frente era a mais bonita que já vira em anos. Continuou a falar mesmo que ainda um pouco sem fôlego – Está com problemas no figurino? – tentou parecer casual apesar de estar um pouco nervosa.

– Sim, sou muito desastrada para usar vestidos longos assim – ela riu, Hyejeong logo se viu contagiada e riu também – Não posso voltar para lá desse jeito – disse com a voz chorosa e fazendo um bico fofo.

– Eu posso te ajudar se quiser – Hyejeong disse enquanto abria sua bolsa, tirando dali um pequeno estojo de costura – Sempre carrego um desses – ela sorriu e a mulher sorriu de volta.

– Você acaba de salvar minha noite, eu nunca pensaria em trazer um desses, e mesmo se trouxesse não sei costurar – as duas riam enquanto Hyejeong já preparava sua linha para costurar o vestido.

– Não se preocupe, as roupas das minhas modelos rasgam o tempo todo antes dos desfiles, estou acostumada a fazer isso – disse sem olhar para a outra, estava concentrada no tecido vermelho.

– Suas modelos? – perguntou a Hyejeong com um tom surpreso.

– Sim, eu sou estilista – respondeu – E meu nome é Shin Hyejeong, me desculpe, nem me apresentei antes de ir colocando as mãos no seu vestido – a outra riu com o comentário.

– Tudo bem, eu também não me apresentei, sou Kim Seolhyun – Hyejeong olhou para cima apenas para se deparar com o sorriso mais lindo que já vira direcionado para si.

– Muito prazer, Seolhyun – sorriu também e tentou se concentrar no vestido novamente.

– Então, o que faz aqui fora ao invés de estar aproveitando a festa? – Hyejeong já havia notado que Seolhyun gostava muito de conversar, ficou feliz em responde-la.

– Queria tomar um pouco de ar, muitas pessoas em volta me deixam tonta – Seolhyun riu com o comentário – E você, o que faz aqui além de esconder o vestido?

– Eu não conheço ninguém aqui na verdade, vim apenas para parabenizar Taekwoon.

– Entendo, eu conheço vários colegas antigos de faculdade, mas não é como se eu quisesse falar com eles – Seolhyun gargalhou um pouco alto demais e Hyejeong riu também, não entendia como a outra achava graça em sua falta de talento para socializar, mas sua risada era maravilhosa então aquilo não importava.

– Eu poderia dizer para você não falar assim sobre seus colegas mas sempre evito os meus também. Eram todos chatos, fiquei aliviada quando me formei.

– Parece que você não pode me julgar então – as duas riram – Mas como você conhece Taekwoon e não conhece mais ninguém aqui?

– Nos conhecemos quando minha empresa patrocinou uma de suas peças e ficamos amigos.

– Você tem uma empresa? – Hyejeong a olhou surpresa, afinal, Seolhyun parecia ser muito jovem para possuir uma corporação.

– Na verdade ela é dos meus pais, mas eu sou a CEO no momento – explicava como se estivesse falando que possuía uma bicicleta. Hyejeong ficou encantada, além de bonita, interessante, simpática, Seolhyun ainda era bem-sucedida.

– Nunca vi uma CEO tão bonita como você – Hyejeong disse sem pensar. Imaginou como aquilo deve ter soado ridículo logo após dizer, corou e já preparava as desculpas em sua mente quando ouviu Seolhyun rir baixo, ela não parecia incomodada com o comentário.

– Obrigada, também nunca vi uma estilista tão bonita – Hyejeong sorriu ainda olhando para o vestido, agora quase costurado – Na verdade não conheço muitas, mas não acho que conseguem ser mais bonitas que você, Hyejeong.

– Conseguem sim, você devia ir em um dos meus desfiles para vê-las.

– Duvido muito, mas aceito o convite para o desfile – disse Seolhyun para Hyejeong que agora se levantava após terminar o reparo no vestido vermelho.

– Pronto, não está perfeito mas está aceitável para ser visto até o fim da noite – olhava para baixo, vendo o que havia feito. Poderia ter ficado melhor, mas ela só tinha seu kit de emergência. Além de prestar mais atenção na voz melodiosa e na risada contagiante de Seolhyun do que no que estava fazendo – E eu ficaria muito feliz se você fosse mesmo em um desfile.

– Muito obrigada, Hyejeong, ficou maravilhoso – Seolhyun se levantou e girava para mover seu vestido e observar a barra agora quase perfeita – Não sei o que faria se você não tivesse aparecido.

– Provavelmente ficaria aqui sentada pelo resto da noite – Hyejeong riu. Seolhyun se sentou ao lado dela no banco, muito perto, o suficiente para deixar o coração de Hyejeong descompassado.

– Eu estava planejando fazer isso agora, se você quiser ficar aqui comigo, é claro – Seolhyun pegou na mão de Hyejeong e sorriu para ela, esperando uma resposta qual Hyejeong tentava dizer mas nada saia da sua boca.

– Quero sim – conseguiu dizer num sussurro e esperou que Seolhyun não a achasse muito idiota por ficar nervosa com tão pouco. Mas não era sempre que uma mulher tão bonita ficava perto de Hyejeong, segurando sua mão e provavelmente com segundas intenções. Aquilo nunca acontecera na verdade, Hyejeong nunca foi muito experiente nesse tipo de coisa.

– Ótimo – Seolhyun chegou mais perto, o que Hyejeong já achava que não era possível – Acho que podemos nós divertir mais aqui sozinhas.

Hyejeong soltou um suspiro quando Seolhyun colocou a mão em seu pescoço, aproximando seus rostos. Ela parou quando estavam perto o suficiente para sentirem a respiração uma da outra, como se desse tempo para Hyejeong se afastar se quisesse, obviamente ela não queria, pelo contrario, o que antes parecia muito perto começara a se tornar distante demais para ela, então num segundo de coragem se aproximou mais de Seolhyun, selando seus lábios.

Seolhyun logo correspondeu pressionando sua boca contra a outra, num selar calmo que rapidamente se tornou um beijo mais profundo quando Seolhyun pediu passagem com a língua e foi concedida no mesmo momento. Hyejeong colocou a mão na cintura de Seolhyun a puxando mais para perto e pode ouvir um leve arfar contra seus lábios enquanto separavam seus rostos por milímetros, apenas para se olharem e logo voltarem ao beijo, se perdendo naquela sensação que Hyejeong já não sabia se durara segundos ou horas. Quando se separaram, Hyejeong abriu os olhos e viu Seolhyun sorrindo, sorriu também.

– Acho que devia me passar seu número, para me avisar a data do seu próximo desfile – Seolhyun disse e Hyejeong riu, ela falava como se nada tivesse acontecido naquele espaço de tempo. Ela se via encantada com o modo simples que Seolhyun tinha de tratar as coisas.

– Claro me passe o seu também – Seolhyun concordou e as duas trocaram os celulares. Hyejeong salvou seu número no celular da outra como “Dongdong ♥” e riu de si mesma, se sentia uma adolescente de novo. Quando pegou seu próprio celular viu o novo contato “Seolhyunnie ♡” e ficou feliz por não ser a única se comportando como uma boba.

Não demorou muito para que se perdessem uma na outra entre beijos e continuassem assim pelo resto da noite, sem sequer se lembrar que uma festa ocorria lá dentro.

X

Hyejeong acordou na manha de domingo com um sorriso no rosto, ainda parecia um sonho tudo que acontecera na última noite. Se recordava de tudo com os mínimos detalhes, desde os olhos brilhantes de Seolhyun até seus lábios macios.

Pegou seu celular e viu que não passava das 8 da manha, decidiu dormir mais um pouco, mas não antes de abrir a mensagem que aparecia em suas notificações.

De: Seolhyunnie ♡

Bom dia, Dongdong ♥

Sei que já marcamos de nos encontrar no desfile, mas isso pode demorar um pouco, não? ㅋㅋㅋ poderíamos sair para tomar um café essa semana antes que eu sinta mais sua falta  ㅠㅠ

Hyejeong sorriu ao ler, já sentia falta de Seolhyun também e fez questão de dizer isso em sua resposta, pensou em voltar a dormir, mas enquanto lembrava dos beijos de Seolhyun e devaneava sobre todos os futuros encontros com ela, já se sentia no mundo dos sonhos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s